Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 21 de fevereiro de 2016

PHALANTA PHALANTHA - (Drury, 1773)


. Características: Também vulgarmente conhecida por "borboleta-leopardo", esta borboleta pertence á família dos Ninfalídeos (Nymphalidae). As suas asas são de cor laranja, com várias marcas e pintas negras. A face inferior é igualmente alaranjada, com várias marcas e estrias escuras, e manchas claras junto ás margens externas no caso dos machos. Na estação seca, os machos apresentam uma nova variante, possuindo manchas com reflexos violáceos na face inferior. As fêmeas são idênticas, no entanto, a face inferior é mais pálida e não possuem manchas violáceas. A sua envergadura varia entre os 5,5 e os 6 cm de comprimento.


. Habitat: Sendo uma amante do Sol, esta é vista em planícies, prados floridos, jardins, clareiras e orlas de florestas, até aos 1500 metros de altitude. Tem por hábito sugar os sais mineralizados ao longo das margens dos rios, mas também é atraída por manchas de urina e estrume dos animais. Os machos são territoriais, defendendo o seu espaço de possíveis rivais. Distribui-se pelo Centro e Sul de África, Madagáscar, Índia, Sudeste Asiático, Japão e Austrália.

. Período de voo: Voa durante quase todo o ano em várias gerações.
















. Alimentação: A lagarta depois de passar por vários estágios, e chegando ao seu último instar de crescimento, torna-se verde-amarelada, com numerosos espinhos ramificados de cor negra sobre o corpo. Alimenta-se de várias plantas entre as quais; Aberia , Dovyalis , Flacourtia , oncoba , Scolopia , Trimeria, Xylosma, Ixora, Gymnosporia , Maytenus, petalostigma, Smilax, Viola e Salix. Na fase da metamorfose tece um ponto de seda num ramo ou folha da planta hospedeira, onde se pendura de cabeça para baixo para se transformar em crisálida.


















. Observação importante: Na estação seca, os machos apresentam no lado inferior das asas manchas com reflexos violáceos. Existem cerca de 6 subespécies do género Phalanta.


video






Sem comentários:

Enviar um comentário