Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 21 de dezembro de 2014

DIACHRYSIA CHRYSITIS - (Linnaeus, 1758)



. Características: De padrões metálicos, esta pequena borboleta nocturna pertence á família dos Noctuídeos (Noctuidae). Possui nas asas anteriores um bonito tom verde-dourado metalizado, que é atravessado por duas manchas castanhas na zona central. Por vezes, estas duas manchas unem-se uma á outra, variando de indivíduo para indivíduo. As asas posteriores são cinzento-acastanhadas. Outra característica desta espécie, é a mecha de pêlos que apresenta entre a parte anterior da cabeça e o tórax. A sua envergadura é de 3,5 cm a 4 cm de comprimento. Ambos os sexos são idênticos.



. Habitat: É mais frequente nas terras baixas do que nas regiões montanhosas. Habita bosques mistos e húmidos, regiões pantanosas, margens de rios e ribeiros, terrenos de baldio, jardins, parques etc. Em toda a Europa, Ásia e Japão.


. Período de voo: De Maio a Setembro, em duas gerações.










. Alimentação: A lagarta é verde clara, apresenta várias linhas oblíquas de cor branca na zona dorsal, e uma linha também de cor branca na zona lateral do corpo. Como é polífaga, alimenta-se de vários tipos de plantas entre as quais; Urtigas, Tanchagem, Dente-de-leão, e também de Labiáceas. Na fase da pupação, a lagarta tece um casulo de seda entre as folhas da planta de que se alimenta. A lagarta hiberna.









. Observação importante: Quando a borboleta visita as flores, tem por hábito ficar suspensa no ar sugando o néctar.




video





Sem comentários:

Enviar um comentário