Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 3 de agosto de 2014

DELIAS EUCHARIS - (Dru Drury, 1773)



. Características: Esta espécie pertence á família dos Pierídeos (Pieridae), e é uma das mais comuns das cercas de 225 espécies descritas no género Delias. A face superior das asas são brancas com largas nervuras de cor negra que adquirem a forma de pequenas manchas em forma de seta nas suas extremidades. A face inferior é idêntica, no entanto, as asas posteriores são amarelas e as extremidades negras com manchas laranja-vivo, rodeadas por um círculo de cor branco. As fêmeas possuem as nervuras negras das asas mais largas que os machos. A sua envergadura varia entre os 6,5 cm e os 8,3 cm de comprimento.



. Habitat: Habita florestas tropicais, florestas temperadas, zonas do litoral como praias, rios etc.Bem como jardins com arbustos floridos.Também é comum encontrá-la pousada em grupos em zonas húmidas, onde costuma sugar os sais minerais do solo arenoso. Distribui-se pelo Sul e Sudeste da Ásia, especialmente nas regiões não áridas da Índia, Sri Lanka, Indonésia, Mianmar e Tailândia.


. Período de voo: Quase todo o ano em várias gerações.










. Alimentação: As lagartas são gregárias nos primeiros estadios de vida, tornando-se solitárias no fim do seu crescimento. São de cor castanho-claro com um brilho oleoso. Possuem pintas brancas ao longo do corpo que são uma espécie de tubérculos de onde saem longos e finos pêlos brancos. Alimentam-se de pequenos arbustos da família Loranthaceae, como também de Dendropthoe falcata e Helicanthus elastica. Na fase da metamorfose a crisálida fica presa de cabeça para cima, cingulada por uma cinta de seda na planta hospedeira.











. Observação importante: A cor viva das suas asas servem de aviso aos predadores, pois não são comestíveis. Enquanto lagartas, acumularam substâncias tóxicas das plantas de que se alimentaram até ao estado adulto.




video





Sem comentários:

Enviar um comentário