Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 3 de janeiro de 2016

JUNONIA ORITHYA - (Linnaeus, 1758)



. Características: De aspecto inconfundível, esta bonita borboleta pertence á família dos Ninfalídeos (Nymphalidae). Possui metade das asas de cor negra aveludada até á zona discal, com várias faixas esbranquiçadas e dois pequenos ocelos laranja com núcleo azul junto ao ápice das asas. As asas posteriores são de um bonito azul-cobalto, com dois grandes ocelos de cor laranja marginados de negro e núcleo azul. Também as extremidades das asas anteriores e posteriores, são de cor branca delineadas de negro. A face inferior é mais discreta, manchada de castanho e com várias linhas onduladas, assemelhando-se a uma folha seca. A fêmea por sua vez difere bastante do macho, possuindo um colorido acastanhado e ocelos maiores. A sua envergadura varia entre os 4,5 e os 5,5 cm de comprimento.



. Habitat: Prefere habitats abertos como pastagens, terrenos baldios, clareiras de áreas florestais, parques e jardins, até aos 300 a 500 metros de altitude. Desde o Centro e Sul de África, Sul e Sudeste da Ásia e Austrália.


. Período de voo: O seu voo é rápido e planado, podendo ser vista durante todo o ano. 













. Alimentação: As lagartas chegando ao último instar do seu crescimento são de cor negra, com pequenos espinhos ramificados de cor negro-azulados. Os estigmas laterais do seu corpo são de cor alaranjados bem como a sua cabeça. Alimenta-se de vários tipos de plantas entre as quais; Annona senegalensis, Antirrhinum majus, Asystasia gangética, Asystasia scandens, Buchnera linearis, Englerastrum scandens, Hygrophila salicifolia, Hygrophila senegalensis, Justicia micrantha, Justicia procumbens, lepidagathis formosensis, lepidaghathis prostata, Misopates orontium, Phyla nodiflora, Plantago amplexicaulis, Plectranthus scandens, Pseuderanthemum variabile, Striga asiatica, Striga hermonthica, Trunbergia alata, Viola odorata, Garderia subintegra, Cycnium adonense etc. Na fase da metamorfose prende-se á planta hospedeira, tecendo uma espécie de gancho de seda, onde se fixa de cabeça para baixo.











. Observação importante: Existem cerca de 30 subespécies do género Junonia.



video





Sem comentários:

Enviar um comentário