Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 15 de março de 2015

BIBLIS HYPERIA - (Cramer, 1779)



. Características: Esta borboleta de médio porte, pertence á família dos Ninfalídeos (Nymphalidae). As suas asas possuem uma coloração castanho-escura quase negra, um pouco mais pálida nas extremidades das asas anteriores. As posteriores apresentam uma faixa de cor vermelho-vivo perto das extremidades. A face inferior é idêntica á superior, mas um pouco mais pálida, e apresenta três pintas vermelhas na parte interna junto ao corpo da borboleta. Apresenta ainda pequenas pintas brancas junto á cabeça. A fêmea é idêntica ao macho não havendo grandes diferenças. A sua envergadura varia entre os 5,5 cm e os 7,5 cm de comprimento.



. Habitat: Sendo uma borboleta neotropical, a sua área de distribuição abrange a América Central, desde o México até ao Uruguai, passando pelas Caraíbas, incluindo todo o continente sul-americano. Habita as clareiras e orlas de florestas, caminhos, margens de rios etc. Dos 500 aos 1000 metros de altitude.


. Período de voo: Voa durante quase todo o ano em várias gerações, entre os meses de Março a Novembro. O seu voo é lento e tem por hábito agitar as asas quando pousam na folhagem dos arbustos e árvores, ou quando absorvem a humidade mineralizada de pedras e seixos.










. Alimentação: As lagartas são de cor castanho-manchado, com dois compridos prolongamentos espinhosos na cabeça semelhantes a dois chifres, e vários espinhos ramificados em todo o corpo, que lhe dão um aspecto semelhante a um pequeno ramo seco e espinhoso. Alimentam-se de Tragia volubilis da família (Heuphorbiaceae). Na fase da pupação a lagarta transforma-se em crisálida ficando presa a um ramo de cabeça para baixo. Tanto a lagarta como a crisálida possuem um aspecto muito peculiar, que lhe dão uma camuflagem muito eficaz.







. Observação importante: É considerada a única espécie do seu género.



video





Sem comentários:

Enviar um comentário