Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 5 de outubro de 2014

MACROGLOSSUM STELLATARUM - (Linnaeus, 1758)



. Características: Vulgarmente conhecida por "Beija-flor" ou "Colibri", esta peculiar borboleta pertence á família dos Esfingídeos (Sphingidae). Como o seu nome vulgar indica, este lepidóptero assemelha-se ás aves Colibri, quer pelo seu aspecto, ou pelo seu modo de voo.
As asas anteriores são castanhas, com linhas onduladas e uma pinta preta em cada uma. As posteriores são de cor ocre-alaranjadas marginadas de preto. Possui uma cabeça larga e antenas curtas e grossas. O abdómen é robusto, e apresenta na sua extremidade uma "cauda" em leque, de compridas escamas pretas e brancas, que orientam o voo. Possui ainda uma espiritrompa bastante comprida, que utiliza para sugar o néctar de difícil acesso de certas flores, enquanto paira sobre elas. Ambos os sexos são idênticos. A sua envergadura é de cerca de 4 cm a 5 cm de comprimento. 



. Habitat: Pode ser facilmente vista em jardins, parques, prados, orlas de florestas. Em toda a Europa, Ásia e Norte de África.


. Período de voo: De Maio a Setembro em duas gerações. Como é uma borboleta migratória, esta desloca-se desde o Sul da Europa até ao Norte, durante os meses mais quentes, onde produz aí uma segunda geração. É activa durante o dia, mesmo durante as horas mais quentes do dia.










. Alimentação: A lagarta é verde pontuada de minúsculos pontos brancos, e apresenta duas linhas na zona lateral do corpo, uma de cor branca e outra de cor creme. Possui ainda o característico cornicho no último segmento do corpo de cor azulado com a ponta laranja.

A lagarta alimenta-se de Galium, Rubia, Cardus, Phlox, Petunia, Aster, Centaurea, Stellana. Na fase da metamorfose a lagarta vai mudando de cor tornando-se arroxeada, fazendo a pupação no solo.






. Observação importante: É o único Esfingídeo europeu que hiberna em estado adulto.




video





Sem comentários:

Enviar um comentário