Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 4 de dezembro de 2016

PAYSANDISIA ARCHON - (Burmeister, 1880)


. Características: Também conhecida por "borboleta-das-palmeiras", esta borboleta nocturna pertence á família Castniidae. As suas asas anteriores são castanho-esverdeadas, enquanto as posteriores ostentam um colorido mais atractivo, sendo laranja com uma larga faixa de manchas brancas e negras. Possui um corpo robusto e antenas clavadas semelhantes ás antenas das borboletas diurnas. Ambos os sexos são idênticos, no entanto a fêmea é maior que o macho é reconhecível pelo seu proeminente ovipositor. A sua envergadura varia entre os 9 cm nos machos e os 11 cm nas fêmeas.


. Habitat: Distribui-se pela América do Sul, em particular pela Argentina, Uruguai, Paraguai e Sudeste do Brasil. Habita zonas costeiras e locais onde hajam palmeiras. Foi acidentalmente introduzida na Europa no início dos anos 90, onde se está a espalhar rapidamente tornando-se uma praga para as palmeiras de jardim.

. Período de voo: Voa desde Maio até Outubro, mas o seu pico de abundância vai desde Junho a Julho. Por ser activa durante o dia e por possuir asas coloridas, é facilmente confundida com uma borboleta diurna.










Alimentação: As lagartas são brancas e alimentam-se dentro dos caules e troncos das palmeiras escavando galerias com as suas fortes mandíbulas. Na fase da metamorfose aproximam-se do exterior da galeria para puparem num casulo feito de fibras da palmeira, facilitando assim a saída do adulto para o exterior. Alimentam-se de várias espécies de palmeiras.





. Observação importante: Foi acidentalmente introduzida na Europa no início dos anos 90, onde se está a espalhar rapidamente tornando-se uma praga para as palmeiras de jardim. Activa durante o dia e por possuir asas coloridas, é facilmente confundida com uma borboleta diurna.

video






domingo, 27 de novembro de 2016

EURRANTHIS PLUMMISTARIA - (Villers, 1789)



. Características: Esta pequena borboleta nocturna pertence á família dos Geometrídeos (Geometridae). As asas anteriores são branco-amareladas sarapintadas de manchas e listras pretas. As asas posteriores são amarelo-alaranjadas igualmente salpicadas de pintas e listras pretas. O macho diferencia-se da fêmea por possuir antenas plumosas, enquanto a fêmea possui antenas filiformes e possui um tom mais alaranjado. A sua envergadura varia entre os 3,7 e os 4 cm de comprimento.



. Habitat: Habita clareiras e orlas de florestas, matagais, campos e encostas rochosas, até aos 1000 metros de altitude. Em toda a Península Ibérica, desde Portugal, Espanha, Alpes franceses e Itália.

. Período de voo: Voa de Março a Junho numa primeira geração, sendo a segunda geração parcial de Agosto a Setembro, onde a pupa hiberna. Além de pertencer ao grupo das borboletas nocturnas, esta é activa durante o dia.






















. Alimentação: A lagarta é castanha com uma linha branca e outra tracejada de cor preta de cada lado do corpo, e pequenas pintas pretas e laranja espalhadas pelo corpo. Alimenta-se de plantas do género Dorycnium principalmente de Dorycnium pentaphyllum.







. Observação importante: Embora seja abundante em alguns locais isolados e de difícil acesso, está-se a tornar rara noutros pontos onde o seu habitat está a desaparecer para dar lugar a campos agrícolas, construções urbanas etc.





domingo, 20 de novembro de 2016

HAPLOA CLYMENE - (P. Brown, 1776)


. Características: De aspecto inconfundível esta borboleta pertence á família Erebidae. As asas são de cor branco-creme com as suas margens delineadas a negro, onde no centro das margens internas apresenta uma curiosa faixa negra em forma de espada ou cruz invertida. As asas posteriores são amarelo-alaranjadas com uma pinta negra em cada uma. O seu abdómen é igualmente amarelo, com uma fina faixa negra entre os segmentos do corpo. A sua envergadura varia entre os 4 e os 5,5 cm de comprimento.


. Habitat: Habita as orlas e florestas de folha caduca, bem como campos e prados situados em zonas húmidas. Em todo o Sudeste dos Estados Unidos da América.

. Período de voo: É activa tanto de dia como de noite. Voa entre os meses de Junho a Agosto, numa geração.












. Alimentação: A lagarta é negra e coberta de pelos, apresentando duas faixas amarelas, uma cada de cada lado do corpo. Na face inferior do seu corpo é branca-acinzentada. Alimenta-se de vária plantas entre as quais; Eupatorium, Quercus (Carvalho), Prunus (Pessegueiro), Salix (Salgueiro), entre outras. 
Na fase da metamorfose constrói um casulo de seda, onde irá transformar-se em pupa e posteriormente em borboleta.







. Observação importante: É activa tanto de dia como de noite. Á noite é atraída pela luz artificial.