Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 29 de janeiro de 2017

CIRROCHROA TYCHE ROTUNDATA - (Butler, 1879)


. Características: Pertencendo á família dos Ninfalídeos (Nymphalidae), as suas asas são de cor laranja, apresentando nas suas extremidades linhas quebradas de cor preta. As posteriores possuem ainda uma fileira de pontos pretos. A face inferior é idêntica mas mais pálida, com uma faixa transversal de cor esbranquiçada que atravessa ambas as asas. A fêmea distingue-se do macho por ser castanha-alaranjada, e por ter a área mais larga e mais escura nas extremidades das asas. A face inferior é mais pálida e opaca. A sua envergadura varia entre os 5 e os 6 cm de comprimento.


. Habitat: Habita as florestas tropicais e subtropicais do Sul e Sudeste Asiático. Podendo ser encontrada nas margens de estradas de terra, trilhos, locais húmidos como margens de rios, onde os machos costumam pousar para sugar os sais minerais aí dissolvidos, enquanto as fêmeas preferem a folhagem das suas plantas hospedeiras, onde colocam os seus ovos.

. Período de voo: Pode ser encontrada ao longo de todo o ano em várias gerações.












. Alimentação: A lagarta é de cor castanho-amarelada com longos espinhos pretos ramificados. Alimenta-se de plantas da família Achariaceae, como; Hydnocarpus castânea e Hydnocarpus alpina. Na fase da metamorfose tece um ponto de seda numa folha ou ramo da planta hospedeira, onde se fixa de cabeça parta baixo para se transformar em crisálida.











. Observação importante: Existem cerca de 8 subespécies do género Cirrochroa.

video





domingo, 22 de janeiro de 2017

HYPANARTIA KEFERSTEINI - (Doubleday, 1847)


. Características: Esta bonita borboleta pertence á família dos Ninfalídeos (Nymphalidae). As suas asas são levemente recortadas e têm como cor de fundo, um bonito vermelho-escuro ou castanho-avermelhado, manchadas de negro e salpicadas de pintas brancas junto ao ápice das asas anteriores. As posteriores são contornadas por uma linha negra e uma fileira de pintas pretas junto ás margens, onde terminam em duas pequenas caudas. A face inferior assemelha-se á de uma folha seca, de tons acastanhados e violáceos, com linhas e pequenos ocelos. Ambos os sexos são idênticos e a sua envergadura varia entre os 4 e os 5 cm de comprimento.


. Habitat: Habita as florestas húmidas montanhosas da América Central e do Sul, até aos 2000 metros de altitude. Pode ser encontrada nas bordas das estradas de terra, trilhos e caminhos, bem como em encostas rochosas húmidas e margens de rios, onde pousa frequentemente para absorver os sais minerais dissolvidos.

. Período de voo: Pode ser encontrada ao longo de quase todo o ano.











. Alimentação: A lagarta é preta coberta por espinhos vermelho-alaranjados, sendo a cabeça igualmente vermelha. Alimenta-se de plantas da família Urticaceae, entre as quais Pittieri pilea. Na fase da metamorfose a lagarta tece um ponto de seda numa folha ou ramo da planta hospedeira, onde se pendura de cabeça para baixo para se transformar em crisálida.







. Observação importante: Existem 14 espécies do género Hypanartia.






domingo, 15 de janeiro de 2017

RHINOPALPA POLYNICE - (Cramer, 1779)


. Características: Vulgarmente conhecida por wizard (feiticeiro(a) ou bruxo(a)), esta borboleta diurna pertence á família dos Ninfalídeos (Nymphalidae). As suas asas angulosas e recortadas são de cor amarelo-alaranjadas, com as extremidades contornadas a castanho-escuro. Possui ainda junto á margem externa das asas posteriores uma fileira de pequenos pontos pretos. A face inferior assemelha-se a uma folha seca, de tons acastanhados jaspeado, com várias linhas onduladas mais claras e vários ocelos concêntricos de núcleo branco ao longo das margens externas das asas, que lhe dá uma camuflagem eficaz enquanto repousa com as asas fechadas. Ambos os sexos são idênticos e a sua envergadura varia entre os 6 a 7 cm de comprimento.


. Habitat: Habita as orlas das florestas tropicais, trilhos e margens de estradas de terra batida, margens de rios, em elevações até aos 600 metros de altitude. Distribui-se pelo Sudeste Asiático. Por vezes os machos são vistos pousados no chão húmido da floresta ou margem dos rios ou riachos a sugarem os sais minerais.

. Período de voo: Pode ser encontrada ao longo de todo o ano em várias gerações.










. Alimentação: A lagarta nos primeiros instares é castanho-alaranjada, com uma mancha preta a meio do dorso, e coberta por numerosos espinhos pretos curvados nas pontas, dos quais dois são mais longos na zona da cabeça, tornando-se mais tarde castanho-escura. Alimenta-se de plantas do género Poikilospermum suaveolens da família (Urticaceae). Na fase da metamorfose a lagarta tece um ponto de seda num ramo ou folha da planta hospedeira, onde se fixa de cabeça para baixo para se transformar em crisálida.







. Observação importante: É a única espécie do género Rhinopalpa.

video