Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 8 de maio de 2016

SIPROETA EPAPHUS - (Latreille, 1813)


. Características: Esta borboleta pertence á família dos Papilionídeos (Papilionidae). Possui asas grandes e pretas, atravessadas por uma faixa branca no centro e na vertical, onde a zona apical e subapical das asas anteriores são castanho-alaranjado ou ocre. As asas posteriores são recortadas e terminam em duas pequenas caudas. A face inferior é idêntica, mas em tons acastanhados. Ambos os sexos são idênticos, e a sua envergadura varia entre os 7,5 e os 8,5 cm de comprimento.


. Habitat: Habita regiões tropicais e subtropicais, como clareiras e orlas de florestas, margens de rios e pastagens, até aos 1800 metros de altitude. Distribui-se pela América Central até América do Sul. Pode ser encontrada isolada ou aos pares de dois ou três indivíduos, pousada em locais húmidos onde gosta de absorver os sais mineralizados aí existentes.

. Período de voo: O seu voo vibrante é rápido e deslizante. Voa durante todo o ano em várias gerações.









. Alimentação: A lagarta no último instar do seu crescimento é negra, coberta por espinhos ramificados amarelos e duas fileiras de espinhos castanhos-alaranjados na zona lateral. Possui também dois espinhos alongados na cabeça semelhantes a dois chifres. Alimenta-se de plantas da família Acanthaceae, como Ruellia ou Blechum. Na fase da metamorfose esta tece uma "almofada" de seda num ramo ou folha da planta hospedeira, onde se fixa de cabeça para baixo, para se transformar em crisálida.







. Observação importante: Existem três espécies do género Siproeta.


video






Sem comentários:

Enviar um comentário