Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 21 de junho de 2015

LASIOMMATA MAERA - (Linnaeus, 1758)



. Características: Esta borboleta de médio porte pertence á família dos Ninfalídeos (Nymphalidae). A cor de fundo das suas asas é o castanho-claro, apresentando um grande e duplo ocelo negro de pupila branca no ápice das asas anteriores. Nas asas posteriores apresenta também três pequenos ocelos negros com pupila branca. Em ambas as asas estes ocelos são rodeados por manchas de cor laranja. Nas fêmeas as manchas laranjas das asas anteriores são maiores e prolongam-se para o interior da asa. Os machos por sua vez, são um pouco mais escuros e as manchas laranjas são acinzentadas, apresentando várias linhas quebradas e pequenos ocelos concêntricos. A fêmea é ligeiramente maior que o macho, e a sua envergadura varia entre os 4,5 cm e os 5,3 cm de comprimento.



. Habitat: Habita em locais quentes e secos, como encostas rochosas, clareiras e orlas de florestas, prados floridos. Na montanha vai até aos 2000 metros de altitude. Em toda a Europa, Ásia temperada e Norte de África.


. Período de voo: Voa desde Maio até Setembro, em duas gerações. A última geração fica incompleta, em estado de lagarta, onde esta irá hibernar até á Primavera seguinte.










Alimentação: A lagarta é verde-clara com minúsculos pelos espalhados pelo corpo, e apresenta ainda dois pequenos apêndices semelhantes a uma cauda bifurcada no último segmento do corpo. Alimenta-se de várias gramíneas como; Brachypodium pinnatum, Bromus erectus, Melica, Festuca, Glyceria, Deshampsia, Calamagrostis, Nardus, Hordeum, Agrotis, Luzula, Holcus. Na fase da metamorfose a lagarta transforma-se em crisálida ficando suspensa de cabeça para baixo, presa á planta hospedeira ou a pedras.







. Observação importante: Outrora mais frequente, o seu número tem vindo a diminuir devido á perda de habitat.








2 comentários: