Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 15 de fevereiro de 2015

KALIMA INACHUS - (Boisduval, 1836)


. Características: Vulgarmente conhecida por «borboleta-folha»,  esta magnífica borboleta pertence á família dos Ninfalídeos (Nymphalidae). Possui asas pontiagudas, onde na face superior das asas anteriores apresenta o ápice de cor negra com uma pinta branca, e uma faixa discal amarelo-alaranjado com outra pinta branca que separa todo o azul-violeta metalizado até ás asas posteriores. A face inferior das asas tem um padrão idêntico ao de uma folha seca, com tons acastanhados, atravessadas por nervuras escuras semelhantes ás nervuras de uma folha seca, daí o seu nome vulgar. Ambos os sexos são idênticos, sendo as fêmeas ligeiramente maiores que os machos. A sua envergadura varia entre os 8,5 cm de comprimento.



. Habitat: Habita em florestas tropicais e subtropicais da Índia e sudeste da Ásia, como o Nepal, Butão, Bangladesh, Myanmar, até ao sul da China, Japão, Taiwan e Vietnam, até aos 1800 metros de altitude. Ao longo dos leitos dos rios, onde tem por hábito pousar em solos húmidos como lamaçais para sugar os sais  minerais. Ou ainda alimentar-se da seiva das árvores, como também de fruta madura.

. Período de voo: Voa durante quase todo o ano, desde Abril até Outubro ou Dezembro, em várias gerações.































. Alimentação: As lagartas são castanho-escuras, quase negras, apresentando por vezes pequenas manchas brancas, com finos espinhos de cor vermelha. São polífagas e alimentam-se de vários tipos de plantas, entre as quais; Urticaceae-Girardinia diversifolia, Polygonaceae-Polygonum orientale, Rosaceae-Prunus pérsica, Acanthaceae, Chinensis Dicliptera, Salicifolia Hygrophila, Lepidagathis formosensis, Pracumbens Rostellularia, Strobilanthes spp, S. flaccidifolius, S. glandulífera, S. tashiroi.
Na fase da metamorfose a lagarta transforma-se em crisálida ficando suspensa de cabeça para baixo presa a um ramo da planta hospedeira.





. Observação importante: Quando é perseguida por aves insectívoras ou qualquer outro predador, voa de forma irregular e em seguida pousa na folhagem da vegetação com as asas fechadas, adquirindo uma postura semelhante ao de uma folha seca, ficando assim perfeitamente camuflada.



video







Sem comentários:

Enviar um comentário