Este blog é dedicado a todos os amantes da Natureza e ao público em geral. Mas principalmente aqueles que se interessam pelo fascinante mundo dos Lepidópteros (Borboletas). Além de tudo, este blog é um guia onde o leitor poderá conhecer e identificar as mais variadas espécies de borboletas existentes um pouco por todo o mundo.

domingo, 1 de fevereiro de 2015

AGRAULIS VANILLAE - (Linnaeus, 1758)



. Características: Conhecida vulgarmente por «fritilária do Golfo» ou «borboleta-paixão» esta bonita borboleta pertence á família dos Ninfalídeos (Nymphalidae). A face superior das asas são de cor laranja vivo, com manchas pretas que se alongam desde a margem exterior até ás nervuras internas. Possui ainda três pintas negras com núcleo branco nas asas anteriores. A face inferior é castanha, fortemente marcada por manchas de cor branco-prateado que se alongam. A fêmea é idêntica ao macho, no entanto possui uma coloração um pouco mais escura e com manchas um pouco maiores. A sua envergadura varia entre os 6,5 cm e os 9,5 cm de comprimento, sendo as fêmeas ligeiramente maiores que os machos.



. Habitat: Pode ser encontrada em vários tipos de habitat, desde clareiras de florestas, prados floridos, parques públicos e jardins. Desde o sul dos E.U.A, Índias Ocidentais até ao norte da Argentina e Uruguai.


. Período de voo: Ao longo de quase todo o ano, em várias gerações. É considerada uma borboleta migratória, pois na Primavera parte da população migra para Norte, sendo avistada até ao Centro dos E.U.A e Golfo do México. As últimas gerações de Verão regressam outra vez ao Sul, para aí hibernarem.














. Alimentação: A lagarta é de cor laranja brilhante, com numerosos espinhos ramificados de cor negra, podendo apresentar também algumas riscas acinzentadas ao longo do corpo. O seu colorido brilhante é um aviso para os possíveis predadores, pois é tóxica. Em anos favoráveis, as lagartas desta espécie podem tornar-se uma praga para a produção de maracujá, pois alimentam-se das suas folhas. Principalmente de Passiflora suberosa, Passiflora edulis, Passiflora biflor, Passiflora incarnata, Passiflora lutea e Passiflora foetida. Na fase da metamorfose a lagarta pendura-se de cabeça para baixo, presa a um ramo, para se transformar em crisálida.













. Observação importante: A borboleta hiberna.




video





Sem comentários:

Enviar um comentário